Menu:


Ao Vivo

Links Úteis

Nossa Audiência


Estatísticas:

Total de visitas: 299142
Visitas hoje: 8


Depois de trajetória dramática, pequena Vitória deve ser entregue aos avós nesta sexta-feira

Juíza da Infância e Juventude da Capital concedeu guarda temporária para os dois


RádioA pequena Vitória Cristiane da Silva Gonçalves deve completar dois meses de vida, neste domingo, na casa dos avós paternos, em Caxias do Sul (RS). A juíza da Infância e Juventude da Capital, Brigitte Remor de Souza May, deferiu o documento que concede a guarda temporária da criança aos dois, após o parecer favorável do Conselho Tutelar gaúcho.

A conselheira tutelar da região Norte da Ilha, Olga Iung, que acompanhou todo o processo, deve embarcar com Vitória na manhã desta sexta-feira para o Rio Grande do Sul. Os avós e representantes do órgão devem aguardar a chegada da criança no aeroporto. Eles podem entrar com um processo de destituição do poder de paternidade para ter a guarda definitiva.

Conforme Iung, os pais não têm condição, no momento, de cuidar da criança. O pai de Cristiano, Lourival Gonçalves, de 58 anos, disse que o filho é usuário de droga e suspeita que a mulher também seja.

— Vitória precisa de acompanhamento médico por que tem hérnia umbilical e pé torto congênito bilateral. Até ontem, o casal nem tinha aparecido na casa dos pais de Cristiano. Não sei se eles sabem que a filha está voltando — afirma. Segundo ela, se os pais tiverem interesse em fazer um tratamento contra o vício, o Conselho pode encaminhá-los para assistência social.

O drama de Vitória está perto de chegar ao fim. Com menos de dois meses de vida, o bebê já passou por um sequestro, um resgate em São Paulo e a retirada dos cuidados dos pais após ser encontrada com eles dormindo ao relento em Canasvieiras, em Florianópolis.

Fonte:clicrbs.com.br


Ver todas as notícias