Menu:


Ao Vivo

Links Úteis

Nossa Audiência


Estatísticas:

Total de visitas: 299308
Visitas hoje: 33


Saque das contas do Fundo de Garantia vai alavancar crescimento

Governo estima mais de R$ 30 bilhões sejam injetados na economia brasileira. Ministro do Planejamento acredita em diminuição da inadimplência e geração de empregos


RádioO governo federal estima que os saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por trabalhadores que pediram demissão ou foram demitidos movimentem o equivalente a 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano. No total, estão disponíveis cerca de R$ 43 bilhões no fundo; desse valor, até R$ 35 bilhões devem ser injetados na economia. Nesta terça-feira (14), o presidente da República, Michel Temer, anunciou o calendário de retirada pelos trabalhadores.

Na visão do ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, o montante é “extremamente significativo” e representa uma força adicional para a retomada do crescimento. “O índice de inadimplência vai diminuir, e as famílias vão voltar às atividades normais de consumo. É isso que dinamiza a retomada do crescimento, à medida em que há mais demanda para o comércio e para a indústria, que contrata mais pessoal”, afirmou.

Como acessar o benefício

Para tirar as dúvidas dos trabalhadores e garantir os saques, a Caixa Econômica Federal vai ampliar o atendimento exclusivo relacionado aos saques. A partir da quarta-feira (15), as agências vão abrir às 9h.

“No próximo sábado, 1.891 agências vão atender o trabalhador que não teve tempo de ir durante a semana. Esse processo vai se repetir todo sábado subsequente ao início do calendário”, informou o presidente da Caixa, Gilberto Occhi. A exceção é o mês de abril, quando há o feriado da semana santa.

O calendário dos pagamentos foi divulgado nesta segunda-feira (13). Trabalhadores que pediram demissão ou foram demitidos por justa causa até 31 de dezembro de 2015 poderão, a partir de 10 de março, fazer saque único das contas inativas.

Fonte: Portal Planalto


Ver todas as notícias